nota a nota quando calha, quando estou para aí virado
.posts recentes

. NOTASSEMUITO

. VOLTAR

. nota-se logo

. Dezasseis meses depois

. Nota-se que já é Junho!

. A 3ª Nota

. Nota de Re-Abertura

. Nota de Abertura

.arquivos

. Novembro 2010

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Junho 2005

. Fevereiro 2005

Domingo, 20 de Fevereiro de 2005
A 3ª Nota
Quando saí para comprar o "Público", passei por uma escola primária (ou Básica, ou EB1, como agora se chama), e vi uma grande fila de gente a caminho da dita escola, e pensei que iam frequentar algum curso de educação de adultos, ou, outra hipótese, que iriam tratar da inscrição dos filhos e netos para o próximo ano lectivo, já que a possibilidade de serem professores a responder ao concurso para colocação me pareceu longínqua, já que essa, quando funciona, é pela internet.

Depois os meus neurónios explodiram! Eram as eleições! A tal coisa que era "a tal" eram as eleições! Depois da profundidade do período de reflexão, entrei num estado quase hipnótico, e quase me ia esquecendo de exercer o meu direito de voto! Felizmente despertei a tempo, contribuindo com o meu voto para quase triplicar a votação anteriormente obtida, pela força politica em que votei. Claro que com a maioria absoluta do Partido Socialista, aquela triplicação pouco efeito terá. Aliás, penso que o Parlamento poderia poupar muito dinheiro, e funcionar apenas com o partido de maioria absoluta, e as decisões tomadas por unanimidade.

Mas mesmo assim estou satisfeito, porque consegui lembrar-me a tempo do que tinha para fazer no dia 20.
publicado por Joao Alves às 22:52
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds